Britânicos dominam o mercado de turismo residencial em Portugal

Eixo constituído pelos concelhos de Albufeira e Loulé é o mercado com maior concentração da oferta de turismo residencial. 

O principal mercado de turismo residencial em Portugal atraiu compradores de quase duas dezenas países entre o início de 2015 e o primeiro semestre de 2016, de acordo com os resultados preliminares do SIR-Turismo Residencial anunciados esta quinta-feira durante a Conferência Nacional do Turismo Residencial e do Golfe.

Segundo dados do relatório do SIR, os compradores de habitações turísticas no eixo Albufeira-Loulé são de 18 nacionalidades, sendo este eixo o mercado com maior concentração da oferta de turismo residencial, cerca de 39%.   Os compradores do Reino Unido, em particular os irlandeses e ingleses, continuam a dominar o mercado, com 64% das compras a estrangeiros e um montante médio de investimento de 1,78 milhões de euros por aquisição. Seguem-se os compradores de origem chinesa, com 10% das vendas e um investimento médio de 778,9 mil euros. Nos países do norte da Europa, França destaca-se com um investimento médio de 1,40 milhões de euros e 13% nas vendas.   “Num setor com características únicas, por ser orientado para o uso turístico e vocacionado para a atração de investimento internacional, era determinante uma análise com estatísticas próprias e diversas das que apuramos para o mercado habitacional tradicional. É uma forma decisiva de promover a confiança dos investidores”, explicou o diretor da Confidencial Imobiliário, Ricardo Guimarães.   O SIR-Turismo consiste num sistema de dados estatísticos sobre a atividade de compra e venda de imóveis de turismo residencial, desenvolvimento pela Confidencial Imobiliário em parceria com a APR-Associação Portuguesa. O SIR tem o apoio do Turismo de Portugal.








Fonte: Jornal Económico
27/01/2017